Emagrecimento: desnutrição, câncer e sarcopenia

Quais são as causas do emagrecimento?

(Tempo de leitura: 4 minutos)

Muitas. O paciente pode estar com redução da ingesta calórica adequada ou mesmo apresentar doenças endocrinológicas, autoimunes, neoplásicas (câncer), gastrointestinais ou psicogênicas. Veja na tabela abaixo algumas causas.















Qual é a relação entre desnutrição, caquexia e sarcopenia?

Com certeza você já ouviu falar nesses termos. As três condições levam ao emagrecimento, mas são diferentes em termos de composição da perda e mecanismos.  A desnutrição geralmente ocorre por baixa ingestão de nutrientes, em especial proteínas, causando perda inicialmente de tecido gorduroso e, mais progressivamente, massa magra. A sarcopenia pode ocorrer associada ao envelhecimento, não sendo necessariamente secundária ao estado nutricional. A perda também é progressiva e ocorre lentamente, mas é marcada por perda significativa de massa muscular, além de performance (capacidade de se locomover ou realizar tarefas simples, como se levantar da cadeira). Na caquexia há perda de massa magra e gorda ao mesmo tempo, ambas de forma bastante rápida, sendo caracterizada por alta demanda metabólica do organismo e intenso processo inflamatório. Ela, ao contrário da sarcopenia, está associada à presença de outras doenças como o câncer, insuficiência cardíaca, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

Como avaliar a composição corporal?

É importante relizar exames complementares, após o exame físico (sobretudo medida das panturrilhas). Um dos mais conhecidos é a bioimpedância elétrica, que permite quantificar a massa de músculo, gordura e água corporal, essencial no diagnóstico das condições acima. 

Quer marcar sua bioimpedância? Clique aqui

Veja abaixo os principais os achados que sugerem sarcopenia


O que fazer para recuperar o peso?

Primeiro é essencial tratar a causa de base. Um paciente com hipertireoidismo, por exemplo, não vai recuperar o peso efetivamente apenas com o ajuste do cardápio. É preciso tratá-lo com medicamentos. No entanto, o ajuste nutricional é essencial e faz parte do tratamento. Ademais, pacientes com quadro de sarcopenia, sobretudo, se beneficiam muito de exercícios resistidos (ex: musculação) para ganho de massa muscular. Suplementos como whey protein e creatina podem ser utilizados, após avaliação individualizada, na ausência de contra-indicações.

Posso usar estimulantes do apetite?

Todo medicamento deve ser avaliado previamente pelo médico. Pacientes com retenção urinária, por exemplo, não devem utilizar a ciproeptadina, conhecida por estimular a fome. Existem algumas opções no mercado,  como a buclina e a própria ciproeptadina que têm ação anti-histamínica ou, ainda, anti-depressivos e anti-psicóticos que estimulam a fome, como a mirtazapina e olanzapina. Cada opção tem sua indicação, efeito colateral e contra-indicação. O profissional que melhor te orientará é o médico.

Gostou? Agende sua consulta aqui